Novo/New

Aqui são postados textos que também têm sua “estréia” na página principal do site, logo abaixo da apresentação.

Em junho, artigo de Cristina Santaella-Braga sobre convergências da presença.

Este ensaio visa um diálogo entre dois importantes teóricos, Gumbrecht e Navas, tendo como pontos nodais a reflexão entre o livro de Gumbrecht (1948), A Produção da Presença: o que o sentido não consegue transmitir e dois textos de Cássia Navas, Do íntimo, do particular e o público: subsídios para a gestão em dança (2009) e Permanente e efêmero, questões e um exemplo da recepção em dança (2013). Para o conteúdo completo, clique aqui.

Boa leitura!

Cássia Navas

Comments are closed.